SAIA DO SOL E DA CHUVA, ENTRE...

A morada é simples, é sertaneja, mas tem alimento para o espírito, amizade e afeto.



sábado, 17 de novembro de 2012

Sorte (Poesia)



Sorte


Tenho a ti
enquanto sonham
versejam à musa
sonham com a deusa
fazem promessas
repetem orações
procuram as quatro
folhas de trevo
tenho a ti

imenso esforço
para cativar e cultivar
tamanha sorte
sou apenas o que sou
sou feliz pelo que és
respeito e compartilho
as nossas diferenças
quando o amor exige
que a vida de um
seja a vida do outro
apenas na certeza
que pode confiar
para preservar
a sorte de amar.

  
Rangel Alves da Costa

Um comentário:

Felipe Terra disse...

Cada qual dividi a sorte com quem quiser... seja com deusas, sua alma, sua alegria...

Temos a sorte para dividi-la com a poesia...

O abraço Rangel,do Felipe...