SAIA DO SOL E DA CHUVA, ENTRE...

A morada é simples, é sertaneja, mas tem alimento para o espírito, amizade e afeto.



terça-feira, 24 de março de 2015

A pedra e o sonho (Poesia)


A pedra e o sonho


Um dia ao entardecer
deitei a cabeça numa pedra
e o cansaço me fez adormecer
e dormi tão profundamente
que me veio o sonho mais belo
que alguém poderia sonhar

no sonho eu estava deitado
dormindo em cima da pedra
mas tão feliz e tão contente
que parecia sorrir de felicidade
e é assim mesmo que acontece
com quem se humaniza na vida
e se entrega ao sono na pedra
como se deitado no berço de Deus.


Rangel Alves da Costa

Um comentário:

Dina Fernandes disse...

Belíssimo poema. Sonhar é preciso, não importa em qual berço estejamos a dormir.
Abç.